quarta-feira, 16 de março de 2011

Novo partido político encabeçado por Kassab


Todas as decisões políticas tomadas pela presidenta Dilma no que se refere a aprovação de leis e projetos, o vento tem soprado favoravelmente uma vez que a oposição entrou em hibernação prematura depois das eleições presidenciais.

Dois dos maiores partidos de oposição, PSDB e DEM, encolheram sua participação política, PSDB por mais tímido que esteja, tem importantes posicionamentos políticos em alguns estados em especial em São Paulo onde a legenda possui grande força, em contrapartida, o DEM tem perdido força e mais agora com a eminente saída do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM-SP), do partido.

O prefeito de São Paulo planeja criar um novo partido político, aliás, é mais do que certo uma vez que Gilberto Kassab já foi longe demais nesta empreitada, o maior problema que o prefeito Kassab encontra no momento é criar alicerces que possam atrair outros políticos, mas um dos principais motivos dos políticos não ingressarem no partido é o tempo de televisão que estaria destinado a ele.

Uma vez criada a nova legenda, o prefeito Kassab concorrerá ao governo do Estado de São Paulo na próxima eleição e obviamente não contará com os apoios do até então aliado, Geraldo Alckmin (PSDB-SP) e muito menos do PT que enxerga com muita desconfiança a criação desse partido.

Apesar da boa prefeitura que Gilberto Kassab tem feito, é verdade que em sua gestão muitas obras entraram em coma induzido, houve o sucateamento ainda maior do transporte público e a tarifa do ônibus subiu mais que a do metrô, acreditamos que uma das razões que dificultam a adesão de outros políticos no partido novo seja o temperamento inconstante do prefeito.




Assim, o governo presidencial petista continuará o seu projeto sem maiores problemas para aprovar seus projetos, pois cada vez mais está havendo uma grande ruptura na oposição.

Um comentário:

  1. <<I sente que paulistas estão com um escrito sucker nas mãos.

    ResponderExcluir